Ajude-nos!

Administrar a Igreja Evangélica Santo dos Santos é um trabalho muito intenso e abençoado, porém não deixa de ser complicado e difícil, temos contas e compromissos como em qualquer outro trabalho. E, por isso pedimos que colabore com R$ 10,00 ou mais se puder.

terça-feira, 31 de maio de 2016

Ensino de cultos a deuses estranhos permitidos em nossas escolas?

O Ensino da cultura afro e da cultura indígena, virou lei no Brasil, mas
isso esconde o real objetivo, que é ensinar às nossas crianças as
religiões de matrizes africanas.
Nossos filhos não podem ter o ensino do cristianismo em nossas escolas,
mas temos que admitir o ensino de religiões diversas?
Quem foi que disse que o manual prático de bruxaria é mais importante
que nossa Bíblia Sagrada.
Vamos orar, mas ao mesmo tempo, vamos brigar, para que nossas crianças
tenham o direito de ver preservada a sua verdadeira origem que é a
Cristã. E que Deus abençoe a cada um de nós, nossas casas em nome do
Pai, do Filho e do Espírito Santo, amém e amém! - (apóstolo ely silmar
vidal)

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=90vC8CfhX0U&feature=youtu.be] QRCode

Entrevista do Dr Paulo Niemeyer Filho à Revista Poder



Dr. Paulo Niemeyer Filho, é filho do lendário Neurocirurgião Paulo Niemeyer, microneurocirurgia da Pioneiro no Brasil, e sobrinho do arquiteto Oscar Niemeyer. Dr. Paulo escolheu a medicina ainda adolescente. Aos 17 anos, entrou na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Quinze dias depois de formado, com 23 anos, mudou-se para a Inglaterra, onde foi estudar neurologia na Universidade de Londres. De volta ao Brasil, fez doutorado na Escola Paulista de Medicina.

Ao todo, sua formação levou 20 anos de Empenho absoluto. Mas foi uma recompensa à altura. Apaixonado por seu ofício, Dr. Paulo Chefia hoje os Serviços de Neurocirurgia da Santa Casa do Rio de Janeiro e da Clínica São Vicente, onde opera e atende de segunda a sábado, quando não há uma emergência no domingo, e ainda encontra tempo para dar aulas no Curso de Pós Graduação em Neurocirurgia da PUC-Rio.

Por suas mãos passaram já o músico Herbert Vianna – de quem cuidou em 2001, depois do acidente de ultraleve em Mangaratiba, litoral do Rio -, o ator e diretor Paulo José, a atriz Malu Mader, o diretor de televisão Estevão Ciavatta – marido da atriz Regina Casé, além de outros Centenas de pacientes, muitos deles representados pelas belas flores que enchem de vida o seu jardim.

Revista Poder – O que fazer para melhorar o cérebro?

Dr.Paulo Niemeyer: Você tem de tratar do Espírito. Precisa estar feliz, de bem com a vida, fazer exercício. Se está deprimido, com a auto-estima baixa, a primeira coisa que acontece é a memória ir embora; 90% das queixas de falta de memória são por depressão, desencanto, desestímulo. Para o cérebro funcionar melhor, você tem de ter motivação. Acordar de manhã e ter desejo de fazer alguma coisa, ter prazer no que está fazendo e ter a auto-estima no ponto.

PODER: Cabeça tem a ver com alma?

PN: Eu acho que a alma está na cabeça. Quando um doente está com morte cerebral, você tem a impressão de que ele já está sem alma… Isso não dá para explicar, o coração está batendo, mas ele não está mais vivo.

PODER: O que se pode fazer para se prevenir de doenças neurológicas?

PN: Todo adulto deve incluir no check-up uma investigação cerebral. Vou dar um exemplo: os aneurismas cerebrais têm uma mortalidade de 50% quando rompem, não importa o tratamento. Dos 50% que não morrem, 30% vão ter uma seqüela grave: ficar sem falar ou ter uma paralisia. Só 20% ficam bem. Agora, se você encontra o aneurisma num checkup, antes dele sangrar, tem o risco do tratamento, que é de 2%, 3%. É uma doença muito grave, que pode ser prevenida com um check-up.

PODER: Você acha que a vida moderna atrapalha?

PN: Não, eu acho a vida moderna uma maravilha. A vida na Idade Média era um horror. As pessoas morriam de doenças que hoje são banais de ser tratadas. O sofrimento era muito maior. As pessoas morriam em casa com dor. Hoje existem remédios fortíssimos, ninguém mais tem dor.

PODER: Existe algum inimigo do bom funcionamento do cérebro?

PN: O exagero. Na bebida, nas drogas, na comida. O cérebro tem de ser bem tratado como o corpo. Uma coisa depende da outra. É muito difícil um cérebro ir muito bem num corpo muito maltratado, e vice-versa.

PODER: Qual a evolução que você imagina para a neurocirurgia?

PN: Até agora a gente trata das deformidades que a doença causa, mas acho que vamos entrar numa fase de reparação do funcionamento cerebral, cirurgia genética, que serão cirurgias com introdução de cateter, colocação de partículas de nanotecnologia, em que você vai entrar na célula, com partículas que carregam dentro delas um remédio que vai matar aquela célula doente. Daqui a 50 anos ninguém mais vai precisar abrir a cabeça.

PODER: Você acha que nós somos a última geração que vai envelhecer?

PN: Acho que vamos morrer igual, mas vamos envelhecer menos. As pessoas irão bem até morrer. É isso que a gente espera. Ninguém quer a decadência da velhice. Se você puder ir bem de saúde, de aspecto, até o dia da morte, será uma maravilha.

PODER: Hoje a gente lida com o tempo de uma forma completamente diferente. Você acha que isso muda o funcionamento cerebral das pessoas?

PN: O cérebro vai se adaptando aos estímulos que recebe, e às necessidades. Você vê pais reclamando que os filhos não saem da internet, mas eles têm de fazer isso porque o cérebro hoje vai funcionar nessa rapidez. Ele tem de entrar nesse clique, porque senão vai ficar para trás. Isso faz parte do mundo em que a gente vive e o cérebro vai correndo atrás, se adaptando.

PODER: Você acredita em Deus?

PN: Geralmente depois de dez horas de cirurgia, aquele estresse, aquela adrenalina toda, quando acabamos de operar, vai até a família e diz: "Ele está salvo". Aí, a família olha pra você e diz: "Graças a Deus!".

Então, a gente acredita que não fomos apenas nós.

-ciclofemini.com.br/ciclofemini/dicas-esportivas/por-dentro-do-cerebro-entrevista-com-o-neurocirurgiao-dr-paulo-niemeyer-filho-revista-eletronica-poder/ QRCode

Chefe dos militares dispara: Político que enriqueceu é porque ROUBOU!



Desde a criação do Ministério da Defesa,  os militares não haviam testemunhado um "CHEFE" capaz de enfrentar, sem medo, os problemas estruturais e institucionais que envolvem as Forças Armadas no contexto de nação. Raul Jungmann,  um estudioso "voraz"  de segurança estratégica,  chega ao comando das Forças Armadas com um discurso que só era "sussurrado" na tropa, mas nunca assumido publicamente: A falta de vergonha e compostura de políticos corruptos que "espoliaram" e continuam "espoliando" a nação brasileira.

Sem medo, olhando para os dois gravadores que registraram uma entrevista concedida na semana passada, a qual contou coma presença dos três Chefes Militares – Marinha, Exército e Aeronáutica,  o ministro da Defesa anunciou, a tantas, uma "frase definitiva". E a disse: "Político que enriquece na política só tem um jeito: roubou. Eu estou dizendo isso aqui, gravado".

Jungmann administra, no Ministério da Defesa, este ano, um orçamento de R$ 82 bilhões – 77% comprometidos com o pagamento de 340 mil funcionários da Aeronáutica, da Marinha e do Exército. Na terça (24), Temer convidou o ministro e os três comandantes militares para um jantar informal no Palácio Jaburu. A conversa, diz, foi boa, e, segundo Jungmann, "apontou horizontes".

Antipetista desde que botou o pé no Congresso Nacional – em 2003, depois de dois ministérios no governo Fernando Henrique Cardoso -, Jungmann foi proponente e protagonista da chamada CPI do Mensalão, o começo do inferno petista, e, depois, da CPI dos Sanguessugas.
30/05/2016 - CristalVox -cristalvox.com/chefe-dos-militares-dispara-politico-que-enriqueceu-e-porque-roubou/ QRCode

Duas novas operações da PF vão estremecer o Brasil



O mundo político vai sacudir!

Rodrigo Janot e a força-tarefa da Lava Jato estão preparando duas mega operações que vão implodir o mundo político em Brasília e São Paulo

As operações serão chamadas de 'Senatus' e 'do Barba' [as fases não terão necessariamente esses nomes, mas os focos serão o SENADO e o ex-presidente LULA]

A 30ª fase da Lava Jato deverá ter como alvo principal o Senado Brasileiro, devido às delações de Sérgio Machado, ex-presidente da Transpetro e do ex-senador Delcídio do Amaral.

Ao menos quatro senadores estão na mira das operações: Renan Calheiros, Romero Jucá , Edison Lobão e Fernando Collor.

A PGR ainda não decidiu se pedirá ao STF autorização para prisões ou apenas condução coercitiva, o que incluirá mandados de busca e apreensão em gabinetes e residências.

O GOLPE DE MISERICÓRDIA
Já a 33ª da Lava-Jato será a mais bombástica.

De acordo com informações da Coluna Esplanada, essa operação irá cercar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o seu Instituto.
30/05/2016 - a informação é do blog Coluna Esplanada, de Leandro Mazzini -diariodobrasil.org/duas-novas-operacoes-da-pf-vao-estremecer-o-brasil-o-mundo-politico-vai-sacudir/# QRCode